Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Vim para o estrangeiro
Qui 23 Abr 2015 - 15:27 por Marina Coelho

» O nosso cão corresponde às nossas expectativas?
Sab 12 Out 2013 - 13:00 por Inês Lima

» Atitude agressiva, ajuda!
Sex 27 Jul 2012 - 8:59 por floijdt

» O CÂO DE PASTOR ALEMÃO
Qui 12 Abr 2012 - 14:38 por canil daktari

» Problemas de comportamento...
Qui 22 Mar 2012 - 9:07 por Careto Chinês

» American Staffordshire Terrier agressivo com os donos
Sab 3 Mar 2012 - 9:04 por floijdt

» American Staffordshire Terrier
Ter 28 Fev 2012 - 17:46 por tonny

» Comportamento
Qua 16 Nov 2011 - 13:20 por Julieta Silva

» Cadela e as necessidades
Seg 14 Nov 2011 - 9:55 por floijdt

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar

o meu doberman não come , peço ajuda.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

o meu doberman não come , peço ajuda.

Mensagem  pparreira em Seg 11 Jul 2011 - 10:52

Carissimos:

Tenho um dobermann femea com 1 ano, o meu grave problema neste momento é que ela não come, ou seja, hoje pode comer bem carne cozida, por exemplo, mas amanhã já não lhe toca e isto acontece com vários tipos de alimento.
Já experimentámos praticamente todas as racções existente no mercado e o que acontece é que ela come bem duas ou três vezes e depois já não lhe toca.
Ela está a emagrecer e nós já não sabemos o que fazer.
Se alguém tiver uma opinião, será muito bem vinda, pois já não sei o que faça.
PParreira

pparreira

Mensagens : 1
Data de inscrição : 11/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o meu doberman não come , peço ajuda.

Mensagem  floijdt em Ter 12 Jul 2011 - 15:21

Boa noite, Parreira:

Há alguns meses publiquei um artigo acerca do problema que é a alimentação de alguns cães em particular do Dobermann. Transcrevo-o agora aqui pode ser que o ajude.

"Ao contrário do que se possa pensar, é normal que os cães não saibam comer, não foram ensinados pela mãe, como acontece com os lobos que só saem da alcateia quando jovens adultos e, como tal, são ensinados pela mãe e pelos outros elementos, a caçar e, a comer o que irá restar, depois de os outros elementos de mais elevado estatuto se saciarem. Portanto, a comida é escassa e a disputa pela mesma renhida, assim, o jovem lobo terá que comer o mais depressa possível, sem levantar a cabeça e sem se distrair, senão poderá dar-se o caso de a mesma desaparecer levada por outro mais astuto.

É o trabalho da mãe loba e do resto da alcateia que terá que ser feito pelo dono, a partir do momento que leva o seu cachorro para casa. Para isso terá que observar três regras fundamentais:

1. Mentalizar-se que um cão é um cão e deverá ser tratado como tal. O maior erro dos donos é tentar humanizar os cães.
2. Um cão não necessita de variar de alimento, se a ração é de boa qualidade não há razão para lhe misturar o que quer que seja ou complementá-la com comida caseira.
3. A hora e o local da refeição são sagrados. Uma hora certa e um local recatado longe dos donos e de estímulos fortes para não distraírem o cão. Comer é comer, não é brincar.

Se é possuidor de um cão que não sabe distinguir o comer do brincar com a comida, ou se tem dificuldades em fazer com que o seu cão se alimente de forma que ache satisfatória (partindo do principio que é um cão saudável sem problemas fisiológicos), deixo aqui o meu método que resultou na perfeição com todos os meus Dobermanns:

- Durante dois dias coloca, no local predefinido, o recipiente da comida, mas sem um único grão de ração. Ao fim de cinco minutos vai tirar.
No terceiro dia coloca ¼ da comida que deveria comer nesse dia. Ao fim de cinco minutos vai tirar o recipiente.
No quarto dia coloca ½ da comida desse dia. Cinco minutos depois tira.
No quinto dia ¾ da comida. Cinco minutos depois tira.
No sexto dia a totalidade da comida desse dia e retira o recipiente igualmente ao fim de 5 minutos.

Durante todas estas fases não se conversa com o cão nem se lhe dá atenção.

Não receie que o cão não morre, os lobos chegam a estar 15 dias sem comer.
Afinal, o que lhe estamos a “dizer” é que o recurso disponível, como na selva, não é um bem inesgotável e, como tal, temos que o aproveitar enquanto há.

A regra dos cinco minutos de tempo limite para comer contínua para sempre, mesmo depois de ele já saber comer. E igualmente nessa altura, se ele eventualmente, não colocar o nariz dentro do comedor assim que este lhe é colocado à frente, é imediatamente retirado e só comerá na refeição seguinte a mesma quantidade de comida e não acrescida com a da refeição anterior.

Este é um método infalível, vai ver que resulta e, no intervalo das refeições dê-lhe todo o carinho e atenção do mundo.


Diga se resultou
avatar
floijdt

Mensagens : 82
Data de inscrição : 22/12/2008
Localização : Vale de Lobos - Sintra

Ver perfil do usuário http://www.dobermann-pt.com/ccvl

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum